sábado, 6 de fevereiro de 2021

Barreira sanitária vai controlar entrada de visitantes na vila de Jericoacoara no período do carnaval

 

O prefeito do município de Jijoca, Lindbergh Martins, assinou o documento que determina a instalação de barreira sanitária no acesso à vila de Jeri no período de 10 a 17 de fevereiro de 2021, para evitar aglomerações e a proliferação do novo coronavírus nas datas que seriam consideradas como carnaval no calendário.

“É uma forma que encontramos para controlar a movimentação desenfreada de visitantes neste período no calendário, direcionado ao carnaval, e assim evitar a proliferação da COVID-19 em um dos destinos mais procurados que é a praia de Jericoacoara” falou o prefeito.

A entrada na vila estará permitida apenas para moradores, prestadores de serviço ou pessoas que tenham hospedagem comprovada.

O estabelecimento que for flagrado descumprindo as normas sanitárias estabelecidas para a atividade terá aplicação de multa e interdição imediata por sete dias e, em caso de reincidência, por 30 dias. O valor da multa pode chegar até R$ 75 mil.