quarta-feira, 3 de março de 2021

Bancários do BB realizarão retardamento da abertura das agências nesta quinta-feira (4)


Foto PC


Diante da gravidade da situação, os funcionários do Banco do Brasil do Piauí retardarão a abertura das agências até às 12h nesta quinta-feira (4). O movimento é contra a reestruturação anunciada no dia 11 de janeiro pela direção do banco, onde pretende demitir 5 mil bancários por PDV, fechar 361 unidades – sendo 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento.

A concentração do Sindicato para o protesto será no Banco do Brasil da Álvaro Mendes, a partir das 9h. O aumento da digitalização bancária é o principal argumento do governo federal para colocar em prática a reestruturação.O presidente em exercício do Sindicato dos Bancários do Piauí (SEEBF/PI), Gilberto Soares, destaca que a medida que o Governo está tomando é arbitrária e não é justa. “Estamos com esse protesto repudiando essa atitude do banco, que é um desrespeito e falta de compromisso com a nação”, pontuou Gilberto Soares.


Para o diretor do Sindicato, Arimatea Passos, a conscientização é necessária, a lutar em defesa do Banco do Brasil deve ser de todos. “Lutar em defesa da função de caixa, assim como pela manutenção dos empregos. O Banco do Brasil está cada vez mais sendo levado a privatização, porque não vai prestar bom serviço, que até então, com qualidade prestava à população brasileira”, destacou Arimatea.


Leal Comunicação