segunda-feira, 10 de maio de 2021

Servidor da Secult é encontrado morto em casa em Parnaíba

O historiador Cosme Costa Sousa, de 57 anos, foi encontrado morto em sua residência no bairro Pindorama, nesse sábado (08).

Historiador Cosme Ferreira de Souza


Nesse sábado (08), o servidor da Secretaria Estadual de Cultura do Piauí (Secult-PI), historiador Cosme Costa Sousa, de 57 anos, foi encontrado morto em sua residência no bairro Pindorama, em Parnaíba.

A Polícia Militar informou que o corpo estava no sofá da sala da residência há dias e já apresentava avançado estado de decomposição.

Conforme a PM, populares sentiram o mau cheiro e acionaram o Corpo de Bombeiros, em seguida a Polícia Militar também foi acionada. O corpo foi localizado na sala da residência. A polícia afirmou que inicialmente acredita-se que Cosme tenha morrido de causas naturais, mas o laudo do IML deverá apontar as circunstâncias.

O Governo do Piauí por meio de nota lamentou a morte do servidor e solidarizou-se com familiares e amigos: “Neste momento de dor, em nome dos piauienses, o Governo do Piauí se solidariza com os familiares e amigos pela sua grande perda”, diz trecho.

Confira a nota na íntegra

"O Governo do Estado lamenta profundamente o falecimento do do historiador Cosme Costa Sousa. Servidor da Secretaria Estadual de Cultura do Piauí (Secult-PI), Cosme atuou como defensor da história, cultura e causas sociais.

Neste momento de dor, em nome dos piauienses, o Governo do Piauí se solidariza com os familiares e amigos pela sua grande perda".

Laís Vitória/viagora