segunda-feira, 28 de junho de 2021

SERIAL KILLER do DF é morto a tiros em confronto com a polícia

O serial killer Lázaro Barbosa, de 32 anos, morreu na manhã desta segunda-feira (28) após confronto com a polícia em Goiás. O fugitivo da Justiça era procurado há 20 dias após uma série de crimes envolvendo assassinatos e estupros na Bahia e no Goiás.



Ele também era acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

A megaoperação mobilizou centenas de agentes de segurança de diferentes unidades na tentativa de capturá-lo. Após fugir de Ceilândia, Lázaro seguiu para cidades do interior de Goiás, reagiu a abordagens e atirou contra policiais.

Acusações contra Lázaro Barbosa

Lázaro era acusado de matar, a tiros e facadas, três pessoas na zona rural de Ceilândia no último dia 9 de junho. As vítimas eram Cláudio Vidal de Oliveira, de 48 anos, e os filhos Gustavo Marques Vidas, de 21 anos, e Carlos Eduardo Marques Vidal, de 15 anos.


O foragido também era acusado de participar do sequestro da mulher de Cláudio, Cleonice Marques de Andrade. O corpo dela foi encontrado no dia 12 à beira de um córrego, próximo da casa onde a família morava.

Antecendentes criminais

Nascido na cidade baiana de Barra do Mendes, a 530 quilômetros de Salvador, Lázaro já respondeu, na cidade natal, a um processo por homicídio quando tinha 20 anos. Em 2011, já em Ceilândia, ele foi condenado por estupro e roubo com emprego de arma. Ele chegou a ser preso em 2018, em Águas Lindas de Goiás, mas fugiu do encarceramento poucos meses depois.

Esta reportagem está sendo atualizada...


Com informações do GP1