terça-feira, 29 de junho de 2021

Valdemiro Santiago perde irmão para Covid após vender 'feijões milagrosos'

Em 2020, Valdemiro anunciou nos veículos de comunicação da igreja sementes de feijão com supostos poderes de cura da doença, que custavam entre R$ 100 e R$ 1 mil

Bispo da Igreja Mundial do Poder de Deus, Vanderley Santiago morreu com complicações da Covid-19 na segunda-feira (28). O religioso tinha 53 anos e era irmão do apóstolo Valdemiro Santiago, que é líder da igreja e chegou a vender sementes de feijão como um suposto tratamento para a doença.

Segundo informações da Prefeitura de São Carlos (SP), Vanderley sofreu uma parada cardiorrespiratória durante o atendimento na Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do município. O órgão confirmou que o religioso testou positivo para a doença e que já havia recebido a primeira dose da vacina conta a Covid-19.

Valdemiro Santiago e o irmão Vanderley, que morreu por covid-19

Em 2020, Valdemiro anunciou nos veículos de comunicação da igreja sementes de feijão com supostos poderes de cura da doença, que custavam entre R$ 100 e R$ 1 mil. O Ministério Público Federal abriu investigação contra o líder religioso por indícios de estelionato nesta ação.

A Justiça de São Paulo já determinou duas vezes que o Ministério da Saúde informe se há ou não eficácia comprovada deste "tratamento" contra o vírus.

Na época, a Igreja Mundial do Poder de Deus disse que não existia nenhuma oferta de venda no material, mas sim um início de um "propósito com Deus" dos seus fiéis.