quinta-feira, 4 de novembro de 2021

TSE cassa o mandato da prefeita de Murici dos Portelas, Ana Lina Sales


O TSE reformou o acordão e restabeleceu a inelegibilidade de Ana Lina, determinando novas eleições.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acaba de cassar por 7 votos a 0 o mandato da prefeita de Murici dos Portelas, Ana Lina de Carvalho Cunha Sales (PSD).

O recurso especial foi interposto contra o acordão do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí que deferiu registro de candidatura, possibilitando a sua elegibilidade.



Em primeiro grau o registro foi indeferido sob argumento que Ana Lina tinha mantido união instável com seu ex-cônjuge Ricardo Salles, eleito em 2012 e reeleito em 2016, quadro apto a configurar um terceiro mandato.

O TSE reformou o acordão por unanimidade, e restabeleceu a inelegibilidade de Ana Lina, determinando a anulação dos votos, da eleição e o afastamento imediato do cargo de prefeita.

Assumirá a prefeitura o presidente da Câmara Municipal.

Edição: Frank Cardoso (Portal Boca do Povo)

Fonte: Gil Sobreira (GP1)